GIAIA | Relatório-Técnico - Determinação de Metais na Bacia do Rio Doce (período: dezembro-2015 a abril-2016)

Título

GIAIA | Relatório-Técnico - Determinação de Metais na Bacia do Rio Doce (período: dezembro-2015 a abril-2016)

Descrição

Relatório-Técnico sobre Determinação de Metais na Bacia do Rio Doce. Período de dezembro-2015 a abril-2016. Amostras coletadas em Rio Gualaxo do Norte - MG, Rio do Carmo em Monsenhor Horta - MG, Rio Gualaxo do Norte em Paracatu de Baixo - MG, Rio do Carmo depois do Rio Gualaxo do Norte em Barra Longa - MG, Rio Piranga - MG, Rio Doce na cidade de Rio Doce - MG, Rio Doce na BR 262 entre as cidades de Rio Doce e Ipatinga - MG, Rio Piracicaba em Ipatinga - MG, Rio Doce em Ipatinga - MG, Rio Santo Antônio próximo à Ipatinga - MG, Rio Doce em Naque – MG, Rio Doce em Governador Valadares – MG, Rio Doce em Galileia – MG, Rio Doce em Baixo Guandu – ES, Rio Guandu entre Baixo Guandu e Colatina – ES, Rio Doce em Colatina – ES, Rio Doce em Linhares – ES, Rio Doce em Regência – ES, Povoado Entre Rios – Sr. Nilton - Poço, Areal - Sra. Helena – Poço. Conclusão: De modo geral, a qualidade da água de toda a Bacia Hidrográfica do Rio Doce melhorou ao se comparar os resultados obtidos na coleta de dezembro/2015 com os resultados obtidos na coleta de abril/2016. No entanto, inegavelmente, o rompimento da barragem do Fundão ocorrido no dia 05 de novembro de 2015 irá impactar este ecossistema ainda por longos períodos e é impossível predizer por quanto tempo de forma exata e inequívoca. Dentre os 18 metais quantificados, atenção especial deve ser dada aos seguintes metais: alumínio e ferro dissolvidos, arsênio total, cádmio total, chumbo total, crômio total, manganês total, níquel total e selênio total.

Data

05/01/2016

Formato

PDF

Idioma

Português

Tipo

Texto

Social Bookmarking

Document Viewer